Vamos falar sobre a China - Portal Cordero Virtual

Vamos falar sobre a China

28/10/2017 16:14:50
Recentemente um grande amigo, que está vivendo na China há pouco mais de um ano e meio, veio visitar o Brasil e me ligou para bebermos algo e colocar o papo em dia (surpresa agradável). Ele foi para lá transferido da TRW Automotive para uma fornecedora de airbags, na cidade de Zhang Jia Gang, província de Jiang Su (uns 100 quilômetros de Shangai), com a finalidade de fiscalizar os projetos que salvam nossas vidas.

Logicamente eu passei boa parte da conversa falando sobre a China. Quando não conheço sobre um assunto gosto de conversar com quem tem profundidade nele, para me responder com firmeza a realidade de um local tão distante e tão fechado como a China, quando o assunto é informação.

Como já sabemos, a China está muito a frente de nós, resultado de um país milenar que faz os nossos 517 anos parecer idade de pré-adolescente. Lá as coisas têm que andar; não existem obras paradas, todos os dias, 24 horas por dia, existem pessoas trabalhando e ninguém questiona se estão no trabalho há 8, 12 ou 16 horas, eles apenas trabalham. O trânsito é fluído, apesar da densidade populacional ser grande, as pessoas respeitam o espaço do outro e todos sabem que se um atrapalhar, o estrago é bem grande. Em resumo, podemos dizer que é um gigante que funciona.

O governo Chinês controla tudo (sonho de alguns governantes), no local onde esse meu amigo trabalha, vez ou outra, uma sirene toca e todos os funcionários saem para a frente da fábrica, um carro preto cercado de seguranças estaciona na frente e alguém desce. Esse alguém entra na instalação, olha, inspeciona e vai embora, sem falar com ninguém e sem pedir qualquer autorização - é o governo atuando diretamente na produção privada.

Câmeras estão por toda a cidade e literalmente em todas as ruas; os taxis (que são todos controlados pelo governo) possuem câmeras dentro filmando taxista e passageiro, Facebook  é proibido e WhatsApp as vezes é bloqueado. O controle do Estado é absoluto, o verdadeiro “Big Brother”.

A economia impressiona, com oferta de mão de obra muito farta, por lá produtos manufaturados são absurdamente baratos (absurdamente mesmo!), é impossível competir. Não existe essa história de empresa sair da China para ir para outro país, um exemplo da dificuldade dessa tarefa é que Trump – o presidente dos Estados Unidos Donald Trump - até agora não tocou mais no assunto de tirar a Apple da China para fabricar nos EUA.

Sendo bem realista, o que vai para a China só sai de lá “made in china”, e pronto! Sem ilusão, sem marketing enganoso, sem investimentos em outro lugar. O local da produção em escala é a China.

Há quase dois anos por lá, trabalhando o dia todo com Chineses e vivendo a China dia a dia, perguntei sobre o idioma, se ele já havia aprendido. A resposta foi que, mesmo com o inglês impecável, que facilita o aprendizado lá, assimilou apenas algumas frases. O idioma é muito difícil e totalmente diferente do que estamos acostumados e, se for visita o país pela primeira vez, prepare-se para sofrer um pouco com isso.

Nessa altura, soltei que na minha cidade, os políticos guardam a sete chaves o nome de empresas interessadas em investir no município por “medo” da atratividade dos municípios vizinhos, mas foram para lá - sob a camuflagem de viagem oficial – com a promessa de trazer investimentos para cá, subestimando a capacidade atrativa das províncias... da China!

Meu amigo me olhou, deu um sorriso de canto de boca, encheu nossos copos e mudou de assunto. Um verdadeiro gentleman!
 Politiconomia - Portal Cordero Virtual
Politiconomia
Por: Marcelo L. Braga
Espaço para trazer assuntos da economia e da política, ajudando na formação de opiniões e cidadania.
Compartilhe:
MAIS ARTIGOS DESTE COLUNISTA

Outras Colunas:
Os conteúdos publicados por colunistas ou visitantes no Portal Cordero Virtual não expressam a opinião do Portal Cordero Virtual, sendo de responsabilidade de seus autores. Clique aqui e veja os Termos e Condições de Uso do Portal Cordero Virtual.
Clique Aqui

2001-2020 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71