Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com as nossas Políticas de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

BUSCAR MATÉRIAS
BUSCAR MATÉRIAS
 Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue - Portal Cordero Virtual

Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue

A dengue se transformou em uma ameaça à saúde pública neste início de ano

12/02/2024 08:22:02
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
O prefeito Mario Botion defendeu nesta quinta-feira (8) um pacto do Poder Público com a sociedade civil no enfrentamento à dengue. A fala ocorreu durante entrevista coletiva que tratou do assunto, ocorrida no auditório da Escola Senai, no início desta tarde. “Todos os setores da sociedade civil e a população devem estar envolvidos nesta causa”, declarou o prefeito.

A dengue se transformou em uma ameaça à saúde pública neste início de ano. Os casos verificados no país estão se multiplicando, contabilizando 282 mil em pouco mais de um mês. No Estado de São Paulo, já são 34.995 registros oficiais e na região de Piracicaba – na qual Limeira está inserida – são 1.289. Em Limeira, os casos somavam 125 até o último dia 08.

Segundo o assessor executivo da Secretaria de Saúde, Alexandre Ferrari, a situação de Limeira tecnicamente é de risco moderado. “Porém, o cenário pode se transformar em risco grave se ações concretas não continuarem sendo executadas”, observou. 

Botion disse que a união com a sociedade civil é fundamental. Ele mencionou a participação de igrejas, comércio, indústria, o terceiro setor e fundamentalmente da população. “O enfrentamento à dengue passa pela eliminação do seu vetor. Eliminar os criadouros do mosquito em casas é essencial. E isso cabe a todos nós”, observou. 

ETAPAS

Gerente de Divisão de Vigilância de Zoonoses, Pedrina Costa, fez uma apresentação detalhando os trabalhos de prevenção realizados pelo setor que comanda. As ações são diárias e envolvem visitas em residências, para orientação na retirada de criadouros e mutirões realizados semanalmente, além de operações de bloqueios contra criadouros e procedimentos de nebulização em situações específicas, entre outras. 

Fator também essencial no combate à dengue, o processo de informação sobre a doença foi detalhado pelo secretário de Comunicação Social, Sérgio Moreira. Ele citou ações como mídia nos veículos de comunicação e também nos canais oficiais da prefeitura. . Moreira ainda lembrou que a comunicação relacionada à dengue é uma ação executada de forma permanente desde 2017, no início do primeiro governo de Botion. 

Secretário de Saúde, Vitor Santos, disse que as ações contra a dengue envolvem duas etapas. A primeira é a prevenção, como as medidas adotadas pelo Poder Público e também pela sociedade civil. “Precisamos ter consciência e ação”, disse, mencionando aspectos de conhecimento e de medidas preventivas, como a eliminação dos criadouros. 

Já a segunda etapa passa pela questão médica. Segundo Vitor, os sintomas da dengue são semelhantes à outras doenças, como dores no corpo e febre. “Os casos que chegam no atendimento e que apresentem sintomas como estes devem ser tratados como dengue, e se exige repouso, hidratação e medicação”, declarou. “O tempo é fundamental”, concluiu. 

Vitor descartou uma unidade de saúde especifica para tratar a dengue, como ocorreu à época da Covid-19. Ele afirmou que o atendimento, inicialmente, estará concentrado em até 12 unidades de saúde da rede municipal. Também determinou a realização de exames comparativos, para analisar, por exemplo, a quantidade de plaquetas. A exemplo do que vem informando o governo federal, o secretário citou que a vacina, neste momento, não chegará para todos os públicos e nem para todos os município. “A compra por ainda estar restrita faz com que a imunização seja destinada a um público e região específicos”, afirmou. 

PRESENÇAS

Além de representantes de vários segmentos da sociedade civil, de boa parte do corpo técnico da Secretaria de Saúde, de médicos e de dirigentes de hospitais, a coletiva teve a presença da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Limeira, Roberta Botion, de secretários municipais e dos vereadores Everton Ferreira, Lemão da Jeová Rafá, Terezinha da Santa Casa, Isabely Carvalho, Betinho Neves, Dr. Júlio, Nilton Santos, Constância Félix, Jorge de Freitas, Marco Xavier, Francisco Ceará dos Santos, Waguinho da Santa Luzia e Elias Barbosa. 
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue
Prefeito de Limeira defende pacto com sociedade civil no enfrentamento à dengue

Foto(s): Adilson Silveira
Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura de Limeira
ÚLTIMAS NOTÍCIAS


2001-2024 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71