Descobrimento do Brasil por portugueses ou chineses: outras histórias - Portal Cordero Virtual

Descobrimento do Brasil por portugueses ou chineses: outras histórias

Entender o contexto em que se encontra uma pessoa é necessário, e saber onde, como, e quando atuar é primordial para o avanço na carreira

28/11/2020 09:41:12
Compartilhe:
Descobrimento do Brasil por portugueses ou chineses: outras histórias
Descobrimento do Brasil por portugueses ou chineses: outras histórias
As pessoas possuem costumes diversos, cada qual tem uma peculiaridade e aprende de diferentes formas. Os anos escolares seguem seu rumo e o tão almejado diploma universitário que se pretende conquistar é meta na vida de muitos. Motivos? Vários. Talvez seja uma exigência da corporação que representa, meta estabelecida no passado, avanço na carreira, atividade professoral e muito mais.

Entender o contexto em que se encontra uma pessoa é necessário, e saber onde, como, e quando atuar é primordial para o avanço na carreira. As histórias se fazem presentes nas disciplinas acadêmicas e com características diferentes, baseadas em questões políticas, religiosas, etc., sempre visando uma hegemonia do relato e dando luz ao acontecimento. Que tal questionar nosso intelecto e descobrir o que foi encoberto? A religião colabora com o crescimento de uma nação e qual sua influência? Em questões brasileiras, como tudo começou? Afinal de contas, quem descobriu o Brasil? Qual o motivo da vida ser tão diferente na América do Norte, Central e Sul? Nos livros de história aprendemos que o Brasil foi descoberto em 1500, por Cabral. Este quando aqui chegou, encontrou os indígenas ocupando a terra. Então, como estes índios chegaram aqui? São muitas teorias para o fato e não se sabe ao certo.

Primeiramente, o marco do descobrimento da América fica com Colombo em 1492, posteriormente em 1500, Cabral descobre o Brasil. Fica a interrogação: mas a terra não é a mesma? Qual o motivo de dois descobridores. E como entender a questão? Cartas náuticas copiadas dos chineses.

Um fato recebe destaque e talvez, mudasse toda a trajetória deste país quando no Brasil chegou o chinês Hong Bao, em 1421, com as enormes embarcações chinesas, maiores que às embarcações portuguesas que se pareciam com pequenas canoas, tamanha disparidade e fragilidade das naus europeias. A história é contada no livro “1421 – o ano em que a China descobriu o mundo”, escrito por Gavin Menzies que faleceu este ano, especificamente em 12 de abril de 2020. Menção especial para esta visita? Os chineses viajaram para descobrir o mundo e aqui vieram para fazer comércio.

Pensando em questões brasileiras, caso os chineses tomassem posse da terra que de fato descobriram, como seria a nação brasileira na atualidade? Teríamos os princípios confucionistas difundidos na população, seríamos uma república como a China é na atualidade? Quais seriam os desdobramentos ocorridos nestes 500 anos e os impactos sofridos. Questões a responder dentro do nosso imaginário, entender o cenário econômico, religioso e cultural da época e se a hegemonia chinesa de fato impregnaria nesta nação. Descobrir em nossa mente o que está encoberto e proceder de forma acurada os princípios que possuímos em nosso intelecto, constituem premissas básicas, cada componente em uma nação entenderá seu papel na sociedade.

A educação é uma ferramenta primordial ao desenvolvimento de todos e os governantes através das leis, fazer com que a população possua seu acesso garantido a este acervo, assim, a nação crescerá amparada e com uma governança pautada na boa ética e justiça. 

 Autor: José Carlos Moraes é mestre em Teologia, professor da área de Humanidades na Licenciatura em Ciências da Religião do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: Página 1 Comunicação
Compartilhe:
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique Aqui


2001-2021 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71