Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com as nossas Políticas de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

 Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional - Portal Cordero Virtual

Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional

No Nosso Clube em Limeira, aulas estão disponíveis para sócios a partir dos 5 anos

07/06/2020 05:03:01
Faça o seu cadastro para receber nossas novidades
Compartilhe:
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional
Força, agilidade, flexibilidade, coordenação e equilíbrio são algumas das capacidades físicas desenvolvidas pela ginástica artística, uma das modalidades oferecidas pelo Nosso Clube. As aulas recebem associados a partir de 5 anos de idade e, para participar, é preciso se inscrever na secretaria e agendar uma aula experimental, para que o ingresso se dê numa turma de nível técnico adequado. O limite para participar das aulas é de 12 anos, mas a equipe de treinamento tem inclusive adultos.

Há turmas às terças e quintas, às 8h30, 9h30 e 19h e às segundas e quartas, às 16h30 e 17h30. O treinamento acontece às 18h30, também às segundas e quartas. As aulas e treinos ocorrem no Ginásio Azul, contando com aparelhagem de solo, traves de equilíbrio alta e baixa, trampolim e caixa de saltos, além de aparelhos didáticos e funcionais específicos para a ginástica artística. Se consegue se destacar nas aulas, o aluno pode passar à equipe de treinamento.

“A ginástica artística é conhecida como um esporte completo, pois desenvolve no praticante qualidades físicas, mentais e cognitivas”, explica Sandra Jorge, professora nossoclubina da modalidade, que conta com cerca de 90 alunos. Além de fazer muito bem para o corpo, a GA desenvolve determinação, coragem, equilíbrio emocional e concentração, entre outros ganhos mentais.

Há relatos no Egito Antigo da prática de movimentos semelhantes aos realizados hoje, mas a Grécia é considerada o berço da ginástica, que foi um dos nove esportes disputados na 1ª edição dos Jogos Olímpicos da era moderna, em 1896, em Atenas. No entanto, só houve competição para os homens. As mulheres foram aceitas em 1928, na Olimpíada de Amsterdã. A ginástica artística chegou ao Brasil no final do século 19.

Os brasileiros estrearam na modalidade em Olimpíadas em 1980, em Moscou. Desde então, a GA se desenvolveu muito no país, produzindo ídolos como Daiane dos Santos, Jade Barbosa, Diego Hypólito e Arthur Zanetti, e conquistando quatro medalhas olímpicas, sendo uma de ouro, duas de prata e uma de bronze.

“A ginástica artística é um esporte que pode ser praticado tanto como uma atividade física para desenvolvimento e melhora da qualidade de vida como com intenção competitiva, exigindo um maior tempo de dedicação e treinos específicos”, ressalta Sandra. E a professora faz um alerta: é preciso contar sempre com a orientação de profissionais capacitados. “Na ginástica artística, o técnico deve seguir uma rigorosa metodologia com progressão pedagógica e ter muita responsabilidade na aplicação dos exercícios”, reforça.

As atividades da modalidade no clube serão retomadas assim que a pandemia de coronavírus for contornada.
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional
Ginástica artística desenvolve força, agilidade, determinação e equilíbrio emocional

Fonte: Imprensa Nosso Clube Limeira
Faça o seu cadastro para receber nossas novidades
Compartilhe:
ÚLTIMAS NOTÍCIAS


2001-2021 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71