Prefeitura de Limeira entrega certificados da Lei Lucas - Portal Cordero Virtual

Prefeitura de Limeira entrega certificados da Lei Lucas

Na ocasião, os diretores das escolas também receberam o selo Lucas Begalli Zamora, que será afixado em todas as unidades que participaram dos treinamentos.

01/09/2019 05:03:01
O prefeito Mario Botion participou nesta última quinta-feira (29) da cerimônia de entrega dos certificados de capacitação em primeiros socorros a 1.735 profissionais das áreas de educação pública e privada de Limeira. Na ocasião, os diretores das escolas também receberam o selo Lucas Begalli Zamora, que será afixado em todas as unidades que participaram dos treinamentos. 

Compareceram à cerimônia, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Roberta Botion, os secretários André Luis De Francesco (Educação) e Vitor Santos (Saúde), a vereadora Erika Tank, a enfermeira e assistente de Capacitação e Humanização da prefeitura, Fernanda Cantão, e a mãe de Lucas, Alessandra Begalli Zamora. Também prestigiou o evento, o vereador Estevão Nogueira.

A capacitação e o selo estão previstos na Lei 5.987/2018, de autoria da vereadora Erika Tank, sancionada por Botion em março do ano passado. A lei determina que a rede de educação municipal adote ações de treinamento em primeiros socorros a todos os servidores que atuam nas unidades escolares. Desde então, a Prefeitura, por meio das secretarias de Educação e Saúde, em parceria com o Samu, iniciou um intenso trabalho de formação, que incluiu professores, monitores, motoristas, assistentes sociais, técnicas em nutrição e merendeiras.

Botion destacou a importância da Lei Lucas para o município – Limeira foi a primeira cidade do país a adotar essa legislação. “Estamos aptos a salvar vidas em caso de acidentes. Espero que essa iniciativa possa se repetir pelo Brasil afora”, disse. O prefeito também destacou os esforços da atual administração para implantar a lei e capacitar os profissionais do município. “O investimento na formação dos servidores é uma ação prevista em nosso plano de governo. Já oferecemos mais de 37 mil horas de treinamento em diversas áreas, com mais de 9.500 servidores capacitados, e vamos avançar ainda mais”, frisou.

A vereadora Erika Tank relembrou o processo de apresentação e aprovação do projeto da Lei Lucas, que contou com o apoio da mãe do menino, falecido em 2017, aos dez anos de idade. Lucas, que estudava em Campinas, morreu em decorrência de asfixia por engasgamento, durante passeio escolar. O acidente ocorreu em município da região, porém o atendimento foi prestado em Limeira. “Já havia feito o rascunho de um projeto de prevenção em primeiros socorros, quando aconteceu mais esse caso. Queria que Limeira desse exemplo a outras cidades”, afirmou. A vereadora também parabenizou Alessandra, pela garra de levar essa proposta a todo país, e ao prefeito Mario Botion, por colocar a Lei Lucas em prática. “Um treinamento como esse pode fazer a diferença entre a vida e a morte”, completou.

Alessandra, por sua vez, agradeceu ao convite para participar da cerimônia e enfatizou que a entrega dos certificados e do Selo Lucas às escolas do município é extremamente simbólica. “Hoje faz 1 ano e 11 meses que meu filho faleceu. Ver tudo isso acontecendo em tão pouco tempo é muito gratificante”, disse, referindo-se à celeridade da adoção da lei. Alessandra relatou que o “Movimento Vai Lucas”, iniciado logo após a morte do filho, já fomentou a aprovação de leis de capacitação em primeiros socorros em estabelecimentos de ensino de 13 estados brasileiros, e em outubro do ano passado, tornou-se lei federal (Lei 13.722/18). Ela contou que o movimento está se fortalecendo, com a recém-criação do “Instituto Lucas”.

A monitora da Ceief Jamile Caram de Souza Dias, Andreza Cristina de Souza Zanelato, é uma das servidoras que recebeu o certificado. Há 15 anos na área de educação da prefeitura, ela disse que aprendeu manobras de ressuscitação e demais técnicas de primeiros socorros. “Foi ótima essa iniciativa, principalmente para nós monitores, que trabalhamos com crianças. Só na minha escola, atendemos aproximadamente 600 alunos”, disse. “Agora estamos preparados para atuar em situações de emergência e poderemos levar esse conhecimento para nossa família e nossa comunidade”, argumentou.

Foto(s): Eduardo Zanzirolamo
Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura de Limeira
Compartilhe:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


2001-2019 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71