CASM recebe o nome de "Olga Forster Rodrigues" - Portal Cordero Virtual

CASM recebe o nome de "Olga Forster Rodrigues"

odos os pacientes atendidos pelo CASM são encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde.

26/12/2018 05:00:02
A Prefeitura de Limeira, por meio da Lei nº 5.927/17, proposta pela vereadora Erika Tank, denominou o Centro de Atenção à Saúde da Mulher como “CASM Olga Forster Rodrigues". O espaço, localizado na Avenida Antonio Ometto, presta serviço ambulatorial na área de saúde da mulher, pré-natal de alto risco e acompanhamento de doenças específicas (câncer ginecológico e de mama) e planejamento familiar, incluindo a colocação de DIU e encaminhamento para vasectomia.

“Homenageamos assim essa incrível mulher, reconhecida e ativa educadora na área sanitária por muitas décadas em Limeira, tendo realizado diversas ações e campanhas que estimulavam a melhoria na saúde de nossa população”, justificou a vereadora. “É uma justa homenagem e uma assertiva iniciativa da vereadora Erika Tank”, complementou o prefeito Mario Botion.

O CASM dispõe de equipe altamente especializada, formada por dois mastologistas, dois médicos especializados em cirurgia ginecológica, um médico especializado em pré-natal de alto risco, dois ginecologistas, um urologista, uma enfermeira especializada em saúde da mulher, obstetrícia e neonatologia, além de psicóloga, assistente social e outros profissionais. Todos os pacientes atendidos pelo CASM são encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde.

HOMENAGEADA

Olga Forster Rodrigues nasceu em Limeira em 8 de julho de 1916. Formou-se professora no Colégio São José. Lecionou no município e depois fez na Universidade de São Paulo (USP) a faculdade de Higiene e Saúde Pública, onde se formou educadora sanitária. Foi assistente de biologia no Colégio Estadual Castelo Branco, em Limeira.

Foi nomeada educadora sanitária nas escolas primeiras da cidade, onde ministrava aulas de Higiene e Orientação Sexual para todos os alunos.

Esteve a frente da campanha de vacinação contra a poliomielite e varíola. Realizava também testes de acuidade visual. Teve intensa atividade social na comunidade. Junto com a senhora Aparecida Rodrigues e família D’Andrea, fundou a Associação de Reabilitação Infantil Limeirense (Aril), onde foi presidente por diversos anos.

Posteriormente, foi fundadora e primeira presidenta da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Limeira.

Foi presidente do Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL) por muitos anos e fez parte da Associação das Senhoras do Rotary Club Centro.

Faleceu aos 98 anos, em Limeira, no dia 13 de março de 2015.

Foto(s): Adilson Silveira
Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura de Limeira
Compartilhe:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


2001-2019 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71