Dólar Hoje
Facebook Twitter Instagram

Cordeirópolis-SP, 17 de agosto de 2018


 Risco de dengue motiva limpeza compulsória em imóvel da Vista Alegre - Portal Cordero Virtual
10/02/2018 20:12:54

Risco de dengue motiva limpeza compulsória em imóvel da Vista Alegre

Os trabalhos contaram com a participação de servidores das secretarias de Saúde, Obras e Serviços Públicos, bem como da Guarda Civil Municipal, do Pelotão Ambiental e do Ceprosom. Agentes de controle de zoonoses coletaram amostras de larvas para verificação de compatibilidade com o Aedes aegypti.

A Prefeitura de Limeira realizou nesta última última sexta-feira (9) uma ação de limpeza compulsória em um imóvel no bairro Vista Alegre. O local apresentava grande quantidade de lixo e entulho acumulados, além de potenciais criadouros da dengue. A iniciativa faz parte da estratégia de intensificação do combate à dengue, determinada pelo prefeito Mario Botion.

Os trabalhos contaram com a participação de servidores das secretarias de Saúde, Obras e Serviços Públicos, bem como da Guarda Civil Municipal, do Pelotão Ambiental e do Ceprosom. Agentes de controle de zoonoses coletaram amostras de larvas para verificação de compatibilidade com o Aedes aegypti.

Foi necessário o uso de uma pá carregadeira para facilitar a coleta do material empilhado no quintal da casa. A iniciativa resultou na remoção de 11 toneladas de inservíveis, incluindo carcaças de eletrodomésticos, restos de móveis e centenas de embalagens plásticas.

Segundo a chefe de Divisão de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, a ação foi motivada por denúncias recebidas pelo Pelotão Ambiental e pelo sistema 156. Fiscais da Divisão de Vigilância Sanitária emitiram um auto de infração por fator ambiental de risco à saúde pública.

REUNIÃO

O Comitê de Controle e Prevenção da Dengue (Sala de Situação) realizou hoje (9) uma reunião sobre o panorama epidemiológico da dengue em Limeira. Participaram do encontro o secretário-chefe de Gabinete e secretário de Saúde, Edison Moreno Gil, representantes do Ceprosom e das secretarias de Educação, Cultura, Habitação, Meio Ambiente e Agricultura, Obras e Serviços Públicos e Comunicação, além dos médicos João Paulo Biguetti (Santa Casa) e Luiz Pedro Prada Neto (Medical).

O diretor da Vigilância Sanitária e presidente do Comitê, Alexandre Ferrari, ressaltou que apesar da confirmação de um único caso de dengue, há preocupação com a incidência de larvas do Aedes aegypti na cidade e com o grande número de notificações de dengue. São 88 até o momento, e desse total, 34 casos foram descartados e 53 estão em aberto.

“Estamos desenvolvendo ações contínuas e intersetoriais para controle do vetor, incluindo 200 servidores nomeados como síndicos dos próprios públicos que vistoriam semanalmente cada repartição de trabalho. Apesar de cumprir todo o protocolo de controle recomendado pelo Governo Federal, o risco de epidemia é grande. A colaboração da população é fundamental e todos devem vistoriar o próprio imóvel pelo menos dez minutos por semana”, enfatizou Ferrari.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Amélia Maria P. da Silva, comentou que o Plano de Controle da Dengue no município segue as diretrizes do Ministério da Saúde. Ela também destacou a importância do sistema de vigilância de arboviroses e do trabalho de notificação dos casos.

Como representante da Medical, o médico Prada Neto reforçou a necessidade dos pacientes fazerem os exames para confirmação da dengue. A coleta deve ser feita sete dias após o início dos sintomas. Ele observou que a confirmação da dengue orienta os trabalhos de combate ao mosquito e auxilia no dimensionamento da doença na cidade.

Já a chefe de Divisão de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, afirmou que os trabalhos de prevenção continuarão no período de Carnaval. Amanhã (10), haverá mutirão nos bairros Vila Cristóvam, Vila Santa Lúcia, Vila Cláudia, Jd. Mercedes, Cidade Jardim, Vila Gonzaga, Jd. Sônia, Jd. Maria Flora, Jd. Montezuma e Vila São Roque.

Foto(s): Adilson Silveira
Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura de Limeira

VEJA MAIS NOTÍCIAS

COBERTURAS

MAIS FOTOS

2001-2018 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71