Facebook Twitter Instagram

Cordeirópolis-SP, 21 de novembro de 2017

Clique Aqui

 “Síndicos” irão atuar na prevenção da dengue em repartições municipais - Portal Cordero Virtual
19/10/2017 18:00:02
“Síndicos” irão atuar na prevenção da dengue em repartições municipais
Os procedimentos durante a vistoria, segundo Pedrina, são divididos entre ações definitivas e periódicas.

Prédios públicos ligados à Prefeitura de Limeira contam com “síndicos” - servidores designados para atuar na prevenção à dengue em todas as repartições municipais. A capacitação dos 220 síndicos ocorreu na manhã desta terça-feira (17), durante evento na sede da Secretaria de Educação. A iniciativa é uma das ações do Grupo Técnico de Controle da Dengue, que tem por objetivo intensificar as ações de controle do mosquito Aedes aegypti, conforme determinação do prefeito Mario Botion. “Estamos unindo forças e envolvendo todos os segmentos sociais nessas ações. Juntos construiremos uma cidade a cada dia melhor”, citou.

A Chefe de Divisão de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, afirmou que os síndicos terão como responsabilidade vistoriar cada unidade de trabalho semanalmente, para interromper o ciclo de vida do mosquito. “É muito importante identificar áreas que requerem cuidado constante e atuar sempre preventivamente”. Após a eclosão do ovo, ela observou que o desenvolvimento do mosquito até a forma adulta varia de sete a dez dias.

Os procedimentos durante a vistoria, segundo Pedrina, são divididos entre ações definitivas e periódicas. Quanto às ações definitivas, os servidores foram orientados a eliminar pratos de vasos de plantas, remover objetos inservíveis da parte externa dos imóveis, envolver vasos sanitários que estão sem uso com sacos de lixo ou fita adesiva, descartar pneus sem serventia ou guardá-los em local seco, acondicionar garrafas e baldes em locais cobertos, vedar ralos internos e caixas d’água, cobrir o ladrão da caixa d’água, etc.

Houve, ainda, recomendação especial para manter as escolas livre do mosquito, como providenciar a abertura de pequenos furos em brinquedos instalados ao ar livre que possam reter água e eliminar plantas aquáticas. “O mosquito da dengue é adaptado ao meio urbano, tem preferência por criadouros artificiais e pelo sangue humano. Além disso, está em atividade do início ao fim do dia”, destacou.

Já as ações periódicas incluem a inspeção de caixas d’água, de bandejas de geladeiras, canaletas de escoamento de água de chuva e ralos. “Canaletas e ralos devem receber uma dose semanal de água sanitária”, frisou Pedrina. Cada imóvel terá um cartaz para facilitar as ações de controle. “As possibilidades de criadouros são muitas, sobretudo com a proximidade do verão e do período de chuvas. Eliminar criadouros é a forma mais eficaz de combater a dengue”, frisou.

Para a assistente social Isabel Aparecida de Barros Neves, que atuará como “síndica” do Centro Comunitário Odécio Degan, a iniciativa foi positiva e irá colaborar para a melhoria da qualidade de vida dos funcionários e de toda população. “Todos nós sabemos da importância de realizar esse trabalho”, disse. Outro “síndico”, o auxiliar geral José Adalberto Pascoalatto, do Centro Infantil José Eduardo Voight Sampaio, também compartilha da mesma opinião. “Esse projeto é muito funcional. Devemos colaborar para prevenir a dengue em todos os locais, públicos e particulares”, afirmou.

O secretário-chefe de gabinete, Edison Moreno Gil, que participou da abertura dos trabalhos, falou sobre a responsabilidade de cada indivíduo na eliminação dos criadouros do Aedes aegypti. “Uma das metas desta gestão é oferecer aos funcionários informação e qualificação para que eles possam atuar como multiplicadores. Precisamos ter espírito para mudar comportamentos”, comentou. O diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari, acrescentou que além de configurar-se como dever de todo servidor público, o cuidado com a dengue é uma questão de cidadania. “Cada servidor deve fazer sua parte, independentemente do cargo que ocupa”, finalizou.

Foto(s): Divulgação/Secretaria de Comunicação Social
Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura de Limeira


VEJA MAIS NOTÍCIAS
Clique Aqui

COBERTURAS

MAIS COBERTURAS

2001-2017 - Portal Cordero Virtual
CNPJ: 24.503.804/0001-71